fbpx

O que está procurando?

BLOG

Voltar

Enfermagem Obstétrica e Ginecológica: 3 motivos pra se especializar na área

  • Nota 10

03/03/2021 por Nathalia Pimenta

Tempo de Leitura: 2 minutos

A Enfermagem Obstétrica e Ginecológica vem ganhando cada vez mais importância no que concerne às práticas de saúde da mulher, principalmente devido à alta taxa de mortalidade materna e ao movimento em prol do parto natural e humanizado. 

Com a oferta de vagas e alta concorrência, os profissionais que desejam atuar nesse ramo precisam estar bem qualificados para se destacar no mercado.

 

Confira agora 3 (grandes) motivos pra se especializar em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica!

Ajudar mulheres em momentos de vulnerabilidade

Algumas mulheres em fase gestacional estão mais propensas a desenvolver problemas de ordem emocional, como ansiedade e depressão pós-parto, entre outros. 

O Enfermeiro Obstetra especializado possui as habilidades necessárias para prestar a assistência emocional. Ele pode atuar tanto na prevenção como no tratamento das desordens psicossociais que podem surgir nesse momento. Essa atuação também abrange outros casos de mulheres em momento de vulnerabilidade, como o acolhimento de vítimas de violência sexual e acompanhamento nos casos de gravidez na adolescência.

Promover o parto natural e humanizado

A Organização Mundial de Saúde – OMS recomenda que o número de cesáreas não ultrapasse 15%, porém na rede privada os índices chegam a 80%. 

O trabalho do Enfermeiro pode contribuir muito para a redução desse índice. Com a formação focada na abordagem do parto natural e humanizado, o Enfermeiro Obstetra está capacitado para acompanhar todo o trabalho de parto, auxiliando e também executando o parto a fim de evitar cesarianas e outros procedimentos cirúrgicos desnecessários, cuidando da saúde da mãe e do bebê.

Ajudar na redução das taxas de mortalidade materna

O sucesso na redução das taxas de mortalidade materna está diretamente relacionado à inserção da enfermagem obstétrica na assistência ao parto. 

Com os conhecimentos adquiridos na especialização, o Enfermeiro é capaz de preparar a gestante para as alterações físicas e psicológicas que ocorrem durante a gravidez. E, claro, também identificar possíveis dificuldades que possam vir a causar algum dano à saúde tanto da mãe quanto do bebê, ajudando também na redução das taxas de óbito fetal.

Na Pós UNISUAM, você terá a oportunidade de estudar com Mestres e Doutores na área de Saúde da Mulher. E, ainda, estará totalmente capacitado dentro das diretrizes do Ministério da Saúde para assistir mulheres na gestação, trabalho de parto, parto, pós-parto e puerpério, sempre com uma abordagem humanizada.

 

E aí, quer se tornar um(a) Enfermeiro(a) Obstetra? Conheça a Pós em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica UNISUAM!

Por Nathalia Pimenta

Jornalista apaixonada criação de conteúdo, internet, memes, e comunicação em tempo real! Mãe de Pet, viciada em Netfilx, geminiana e autora dos livros "Jornalismo Literário e o Drama das Narrativas Reais" e “Vermelho Intenso”

comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
English French Portuguese Spanish
X

Nosso site está enfrentando instabilidades.
Algumas informações podem não estar disponíveis no momento.

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!