fbpx

O que está procurando?

BLOG

Voltar

Como se tornar um bom Designer de Interiores?

Saiba como se tornar um bom designer de interiores com o curso da UNISUAM! e fique por dentro das tendências do mercado.

  • Nota 10

02/08/2021 por Julia Abreu

Tempo de Leitura: 4 minutos

O Design de Interiores é uma área em crescimento que vem ganhando cada vez mais relevância. Esse profissional é o responsável por planejar e organizar os espaços de uma construção residencial, comercial ou corporativa, escolhendo a melhor combinação de elementos para criar a uma harmonia entre estética e funcionalidade.

Para falar sobre a área e a carreira, a UNISUAM convidou o Prof. Gustavo Jucá, Coordenador do curso de Design de Interiores da UNISUAM, e a Tamires Ribas, Arquiteta e Designer de Interiores com vasta experiência na área, para um bate-papo na maratona de lives do projeto Muito Mais Futuro, que ajuda você a escolher qual carreira seguir.

 

👇 Confira alguns dos principais temas discutidos na live! 👇

 

Entendendo a rotina do Designer de Interiores

A Tamires, que também é aluna da Pós em Design de Interiores, contou um pouco sobre o processo de criação de projetos no seu escritório.

Primeiro, é agendada uma reunião com o cliente para entender quais são as suas necessidades e como o escritório pode ajudá-lo. Depois, acontece a parte que ela considera a mais importante, o briefing, que é o momento de captar o máximo de informações do cliente para conhecê-lo melhor, entender os seus gostos, desejos, como é a sua rotina dentro da casa etc.

“Eu preciso conhecer o cliente ali porque é a minha oportunidade de conhecer e conseguir fazer o melhor possível na hora do projeto. Porque se eu não entender, vou ficar fazendo projetos e o cliente não vai gostar ou só vai gostar esteticamente, mas não vai ser um projeto direcionado pra ele, pras suas necessidades”, afirma Tamires.

 

👉 O que faz um Designer de Interiores?

 

Da segunda para a terceira etapa existe um prazo, no qual eles colocam tudo o que captaram com o briefing na criação de um projeto em 3D, algo em que o escritório investiu bastante para que o cliente possa visualizar a criação da forma mais realística possível. 

Com o projeto aprovado, eles partem para o projeto executivo, que consiste em um caderno com tudo detalhado e compatibilizado, incluindo marcenaria, iluminação, marmoraria, entre outros, e depois podemos fazer o orçamento e entregar para o cliente. 

A parte da obra não é executada pelo escritório, mas eles fazem o acompanhamento através de visitas frequentes para garantir que tudo saia de acordo com o projeto.

 

Panorama do mercado

O isolamento social imposto pela pandemia mudou a dinâmica de vida da maioria da população que passou a estar mais tempo em casa e vivenciar esse espaço. Com isso, houve uma aquecida no mercado de Design de Interiores, já que muitas pessoas começaram a notar a necessidade de mudar os espaços onde vivem para se adaptar aos novos tempos.

Segundo Tamirez, em maio de 2020, o escritório recebeu mais de 40 pedidos de orçamento e isso porque as pessoas estavam vivendo a quarentena somente há um mês e meio. Desse período em diante, a demanda aumentou tanto que o escritório teve que criar uma lista de espera.

Para quem pensa que a área está saturada, ela avisa que não. 

“Existem muitos Arquitetos e Designers de Interiores, mas há espaço para todos porque toda hora tem um prédio novo sendo construído”, disse Tamires. 

 

👉 10 maneiras de ganhar experiência profissional na faculdade

 

Ela notou que muitos clientes começaram a gostar de estar em casa e receber os amigos para evitar de saírem e que projetar esse tipo de espaço pode ser uma tendência do setor.

“Essa reorganização dos espaços interiores também se nota no ambiente corporativo. Por enquanto, muitos estão no regime home office, mas quando as coisas começarem a voltar à normalidade, esses espaços também precisarão passar por mudanças para manter as medidas de distância saudável”, relembra ela.

 

Por que contratar um profissional?

Muitos clientes tentam renovar a casa por conta própria e acabam se frustrando porque não têm noção da proporção. 

“Eu vejo muita gente com uma sala enorme e um sofá de 2.30 metros, enquanto outros têm uma sala pequena, de uns 19m², mas com um sofá de 2.60 metros”, conta Tamires.

A proporção, dimensionamento e também a escolha de material são pontos essenciais na hora do projeto porque existem coisas e combinações que funcionam para um, mas não para outra pessoa. 

 

👉 Confira 8 ferramentas para montar agora o seu portfólio

 

Por exemplo, não adianta nada colocar uma mesa linda de vidro se a pessoa não tem tempo nem ninguém para ficar limpando porque a mesa vai ficar cheia de marcas e digitais ou pode ser que não vá bem com a tonalidade da parede etc. Esses são alguns dos detalhes que o profissional vai pensar e analisar com cuidado.

Muita gente pensa que o projeto é caro, mas não é porque se você levar em conta tudo o que vai gastar, mais o retrabalho, sai muito mais em conta contratar uma pessoa capacitada para formular da melhor maneira o layout para o ambiente desejado do que fazer por conta própria.

 

Durante a live, os convidados ainda falaram sobre o perfil profissional, criatividade e mostraram alguns projetos para você se inspirar. Assista ao vídeo completo abaixo:

                           

Você pode conferir mais vídeos da Maratona Muito Mais Futuro na nossa playlist do Youtube clicando aqui.(link para a playlist)

 

E não esqueça! A UNISUAM já está com matrículas abertas para o curso de Design de Interiores com preço fixo e 50% de desconto durante todo o curso. 

 

Vem ser UNISUAM e esteja pronto para o mercado!

MATRÍCULAS ABERTAS

Conheça o curso de Design de Interiores UNISUAM!

Por Julia Abreu

Estudante de Publicidade e Propaganda, Estagiária em Marketing. Viciada em filmes, séries e conteúdos da área da comunicação social.

comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
English French Portuguese Spanish
X

Nosso site está enfrentando instabilidades.
Algumas informações podem não estar disponíveis no momento.

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!