O que está procurando?

BLOG

Voltar

UNISUAM promove o primeiro podcast transmitido através do Metaverso

Professores e palestrantes abordaram os aspectos da tecnologia, melhorias e suas aplicações no dia a dia.

  • Agenda / Rolou por aqui

18/07/2022 por Pedro Braga

Tempo de Leitura: 2 minutos

A UNISUAM realizou na última quarta-feira (13), o lançamento da segunda temporada do Pólen Cast, podcast voltado para o Empreendedorismo e Inovação do Polo de Inovação da UNISUAM – Pólen, que promove conversas acerca das tendências do mercado.

O episódio foi lançado ao vivo no YouTube e também no Metaverso, com o tema: “Metaverso, Blockchain e Criptos: Como aproveitar essa oportunidade?”. A iniciativa contou com a participação de Diego Braga, Gestor do Pólen; André Guedes, Coordenador dos cursos de Tecnologia da UNISUAM e Especialista em Smart Cities; Francisco Carvalho, CEO da Blockchain Rio; e Byron Mendes, CEO da Metaverse Agency.


Mas afinal, o que é Metaverso?

O metaverso é uma rede composta por mundos virtuais que visa replicar a realidade focada na conexão social. Em outras palavras, é um espaço virtual e coletivo que serve para encontrar pessoas reais, onde podem interagir de modo social ou econômico utilizando seus avatares nesse espaço, proporcionando assim uma experiência real e deixando de lado qualquer limitação física.



O que é Blockchain e Cripto?

Já a Blockchain, por sua vez, é uma base de dados que realiza registros e validações de transações digitais em lotes que recebem uma impressão digital denominada de hash – código matemático único – e se interligam em um conjunto de ordem cronológica, o que origina uma contínua linha de blocos.


As criptos são sistemas de pagamento digital independentes de bancos para confirmar as transações. Ao contrário do dinheiro físico, que circula fisicamente, os pagamentos em criptomoedas existem como acessos em um banco de dados que descrevem transações específicas.



Um novo (meta)universo

Conhecida como Web 3.0, o Metaverso possui muito a ser explorado, pois a cada dia seus avanços dentro desse universo mostram como é possível utilizá-lo para fins profissionais, acadêmicos e de lazer, e tudo isso sem qualquer esforço físico. O palestrante Byron proporcionou um exemplo aos alunos sobre os níveis de avanço tecnológico:


“Imagina todo o seu histórico médico, desde o obstetra até o geriatra. Imagina todos esses dados, todas as consultas, os exames, taxas ao longo de décadas. Soma-se isso a um algoritmo de inteligência artificial, e assim, a análise médica não vai ser dentro do espectro de dias ou de como você está se sentindo, ou dos seus problemas nos últimos meses. Vai ser assim a sua vida. E aí coloque talvez testagem de DNA. Então, o nível de assertividade de uma prescrição médica, de uma análise sobre um problema neurológico ou físico vai ser altíssimo.”


No momento, o mundo encontra-se na web 2.0, que é caracterizada pela interação promovida pelas redes sociais. Muitos entusiastas enxergam o metaverso como peça chave na revolução da web 3.0, que permitirá um universo mais imersivo, descentralizado e aberto.



Assista ao evento na íntegra aqui



Venha para a UNISUAM e esteja pronto para o mercado de trabalho!

Por Pedro Braga

Estagiário do setor de Eventos da UNISUAM, colaborador do Blog, graduando em Comunicação Social, amante da Música e da Literatura.

comentários

Samiris | 18/07/2022 à05 18:47

Foi incrível essa transmissão no Metaverso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
English French Portuguese Spanish
X

Nosso site está enfrentando instabilidades.
Algumas informações podem não estar disponíveis no momento.

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!