fbpx

O que está procurando?

BLOG

BLOG

Voltar

É preciso ter uma Pós-Graduação para fazer Mestrado?

E se você fizer Pós-Graduação Stricto Sensu e se tornar logo um mestre? Saiba tudo agora!

  • Mestrado e Doutorado

07/12/2023 por Fernando Moura

Tempo de Leitura: 4 minutos

Muitos profissionais que sonham em se tornar mestres se deparam com uma dúvida: é preciso ter um curso de Pós-Graduação para fazer Mestrado? Vamos explorar essa questão e desvendar o papel de cada etapa nesse trajeto profissional, ampliando a compreensão sobre o significado da pós-graduação, a natureza do mestrado, suas aplicações e as diversas oportunidades para mestres no mercado de trabalho. Vamos nessa!

O que é uma Pós-Graduação?

A pós-graduação é uma etapa da formação profissional que se inicia após a conclusão do curso de graduação e se desdobra em dois ramos principais: lato sensu e stricto sensu. A primeira categoria abrange especializações, MBAs e outros cursos que proporcionam uma visão mais prática e aplicada do conhecimento adquirido na graduação. Por outro lado, a pós-graduação stricto sensu inclui os programas de mestrado e doutorado, voltados para uma formação mais aprofundada, com foco em pesquisa e produção de conhecimento científico.

O que é um Mestrado?

O mestrado, por sua vez, é uma das vertentes da pós-graduação stricto sensu. Trata-se de um programa mais extenso e detalhado, com duração média de dois anos. Durante esse período, os estudantes têm a oportunidade de aprimorar suas habilidades de pesquisa, análise crítica e produção de conhecimento original.

Um componente crucial do mestrado é a elaboração de uma dissertação, um trabalho acadêmico que representa a contribuição única do aluno para a área de estudo escolhida. A defesa desse projeto marca o encerramento do programa e atesta a capacidade do estudante de conduzir pesquisa independente e significativa.

Para que serve um Mestrado?

Os benefícios de obter um mestrado vão além do simples acúmulo de conhecimento. O programa prepara os alunos para carreiras mais avançadas, oferecendo uma compreensão mais profunda de sua área de estudo. Além disso, o mestrado desenvolve habilidades críticas, analíticas e de resolução de problemas, competências valiosas em diversas esferas profissionais.

O mestrado também é um trampolim para aqueles interessados em prosseguir para o doutorado e seguir carreiras acadêmicas. Os graduados de programas de mestrado são frequentemente mais aptos a conduzir pesquisas independentes e a contribuir para o avanço do conhecimento em suas respectivas disciplinas.

Onde pode atuar um mestre?

Uma das perguntas mais frequentes relacionadas ao mestrado é sobre as oportunidades profissionais que ele oferece. Os mestres são profissionais altamente qualificados, e suas habilidades são demandadas em diversas áreas. 

De acordo com levantamento do SEMESP, baseado nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Dados (PNAD Contínua), um profissional com uma Pós-Graduação Stricto Sensu ganha até 225% a mais do que um profissional que só possui uma Graduação.

Já em 2022, o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, calcula um valor 255% acima dos ganhos de um Graduado. Em ambos os casos, vemos um cenário animador de ganhos, potencializado pelo crescimento do setor educacional no Brasil, e pelos intensos investimentos que diversas empresas têm feito em setores de Pesquisa e Desenvolvimento.

O que antes era uma formação que, erroneamente, se restringia a uma atuação em sala de aula, hoje se expande para atuação em grandes corporações, para aplicação prática de teses em negócios e, também, para o empreendedorismo.

Aqui estão algumas das possíveis direções profissionais para aqueles que concluem um mestrado:

  • Pesquisa Acadêmica: Mestres frequentemente optam por seguir carreiras acadêmicas, ingressando em instituições de ensino superior como professores e pesquisadores;

  • Indústria e Setor Privado: Muitas empresas valorizam a experiência de um mestre, especialmente aquelas que envolvem pesquisa e desenvolvimento, consultoria e análise de dados;

  • Setor Público: Órgãos governamentais e agências públicas também buscam profissionais com conhecimento especializado para cargos que envolvem políticas públicas, planejamento e análise;

  • Saúde e Ciências: Em áreas como biologia, medicina e ciências da saúde, mestres desempenham um papel crucial em pesquisa e desenvolvimento;

  • Consultoria e Empreendedorismo: Mestres têm a capacidade de oferecer consultoria especializada em suas áreas de conhecimento e até mesmo empreender, aplicando suas habilidades de maneiras inovadoras.

É preciso ter uma especialização para fazer Mestrado?

A resposta para essa pergunta é NÃO! Você não precisa fazer um curso de Pós-Graduação lato sensu para cursar Mestrado, Doutorado ou Pós-Doutorado.

Embora a pós-graduação não seja um requisito absoluto para ingressar em um programa de mestrado, ela pode oferecer uma base valiosa e vantagens competitivas. O mestrado, por sua vez, não apenas aprimora o conhecimento, mas também abre portas para uma variedade de oportunidades profissionais

No final das contas, a escolha entre possuir ou não uma pós-graduação antes do mestrado dependerá das metas individuais, da área de estudo e das exigências específicas do programa desejado. O importante é compreender as diferentes etapas desse percurso acadêmico e tomar decisões informadas para alcançar o sucesso desejado.

Por que fazer uma Pós-Graduação Stricto Sensu na UNISUAM?

Aqui na UNISUAM, você vai receber todas as ferramentas e conhecimentos para se tornar um profissional completo, altamente qualificado e capaz de dominar tanto o mercado, quanto a academia.

A UNISUAM-RJ oferece dois programas, ambos reconhecidos pela CAPES:

O Programa Acadêmico em Ciências da Reabilitação – aprovado em 2009, 4 estrelas pela CAPES e único no Rio de Janeiro – é voltado para profissionais da área da saúde. Já o Programa Profissional em Desenvolvimento Local, lançado em 2006, e que hoje é avaliado em 5 estrelas pela CAPES, é mais amplo, sendo direcionado para profissionais de qualquer área.

Em ambos os cursos, nossos alunos se tornam os profissionais que o mercado tanto procura, unindo os conhecimentos e as competências necessários para a realização de pesquisas e, também, para a proposição de soluções reais de problemas da humanidade.

#BoraFazer um legado na UNISUAM!

Por Fernando Moura

Assistente de Comunicação das redes e Blog UNISUAM. Jornalista e Pós-Graduado em Comunicação e Marketing em Mídia Digitais.

comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!

X
X
X
X
X
X
X
X