fbpx

O que está procurando?

BLOG

Voltar

Língua Portuguesa: Por que escolhi ser professor?

A Profª Rosana Berg conta um pouco mais sobre a sua experiência dentro da carreira em Letras e sua paixão pela Língua Portuguesa.

  • Nota 10

24/08/2021 por Julia Abreu

Tempo de Leitura: 3 minutos

A Língua Portuguesa está presente em todos os momentos do nosso dia a dia nos seus variados formatos, seja uma dissertação para um trabalho escolar, um aviso na porta do banheiro ou uma mensagem de whatsapp para um amigo.

 

👇 Confira alguns dos principais temas discutidos na live! 👇

 

Motivos para escolher Letras e possibilidades de atuação

A Profª Rosana Berg conta que trabalhou como secretária de mídias em grandes empresas por cerca de 18 anos, mas que sua paixão sempre foi a Língua Portuguesa. Ela sempre foi muito curiosa, vista como alguém inquieta e que nunca estava satisfeita com o que sabia, sempre em busca de mais.

O desejo pelo conhecimento, principalmente pela Língua Portuguesa, que ela alimentava desde a adolescência, foi o que a levou a ingressar no curso de Letras da UNISUAM aos 30 anos de idade. E hoje, além de formada em Letras, doutoranda em Políticas Públicas e mestre em Desenvolvimento Local, Rosana também faz parte do corpo docente do curso de Letras da UNISUAM.

Ela também conta, que uma das grandes vantagens de estudar a Língua Portuguesa é que ela te permite avançar intelectualmente, te dando autonomia e conhecimento de mundo, e esse é o foco do seu trabalho com os alunos. “Quando você consegue dominar e colaborar para que o outro também domine a linguagem, você está ensinando Português, produção textual e, mais do que isso, você está ensinando liberdade, que é mais importante”, afirma a Profª Rosana.

Outro ponto positivo, diz respeito às amplas possibilidades de atuação desse profissional. A maioria acaba optando pela área da docência, que pode ser em instituições públicas ou privadas, mas também dá para trabalhar como revisor de textos; tradutor, sendo necessário o domínio de, no mínimo, um outro idioma; editor de textos, atuando nas editoras de livros; crítico literário, que vai se aprofundar na literatura, podendo ser especialista em um determinado autor(a) ou movimento literário, entre outras.

 

👉 O Globo Aponta: UNISUAM é TOP 10 Universidades Particulares do Rio

 

Qual o perfil para estudar Letras?

De acordo com a Profª Rosana, existe uma lenda urbana de que a Língua Portuguesa é difícil, mas isso não é verdade. O que acontece, na sua opinião, é que existem regras que são usadas em determinadas situações de comunicação, e usa como exemplo a live. “Aqui, na live, eu estou usando uma variante da língua que chega a todo mundo, porque se eu falar como se estivesse dando um discurso na Academia Brasileira de Letras, todos estariam entediados”, afirma ela. 

Mas, ainda que não seja difícil, é necessário desenvolver algumas características e a primeira delas é o desejo de compartilhar com o outro, já que a docência consiste em uma partilha, feita tanto do professor(a) para o aluno quanto vice-versa. Também é importante, enquanto professor, aprender a estar aberto ao outro e, para explicar melhor esse conceito, a Profª Rosana cita o sociólogo Bruno Latour, que diz que a gente só ensina e só aprende quando é afetado pelo outro. 

Outra característica citada pela professora é a disponibilidade de investir em um projeto de vida, porque de acordo com ela, escolher uma profissão é escolher um projeto que é construído a cada dia.

Complementando, a Profª Stella também lembra que o gostar de gente é outra habilidade importantíssima, porque o professor é aquela pessoa que gosta de compartilhar e que entende que o outro é diferente e tem seu próprio tempo para aprender.

 

👉 10 maneiras de ganhar experiência profissional na faculdade

 

O MUDE no curso de Letras

No início de 2020, a UNISUAM retornou com sua Escola de Licenciatura, ofertando 8 diferentes cursos no novo modelo de ensino, o MUDE, que consiste em um sistema por módulos que foi estruturado de acordo com a nova regulamentação do MEC, de dezembro de 2019.

Apesar de todas as universidades terem um prazo de 2 anos para implementar as mudanças, a UNISUAM tomou a dianteira e reformulou os seus cursos para atender, não só a essa demanda, mas também a demanda do mercado. “Não estamos rompendo com o modelo tradicional, mas sim olhando para ele e vendo o que foi eficaz, para dar um novo sentido”.

Um dos diferenciais desse novo modelo é a construção de competências. Assim, desde o início, o aluno já passa a se desenvolver como professor para que, no segundo módulo, quando entrar em contato com os sistemas educacionais, já possa compreender o papel da sua atuação e vá se moldando como profissional. 

Além disso, durante os módulos, os futuros professores também passarão a compreender as diferentes formas de aprendizado, tanto próprio como dos alunos; formas de didática e também noções de gestão.

 

As professoras Rosana e Stella deram várias outras dicas importantes na live e, pra ficar por dentro de tudo que elas falaram, você pode assistir ao vídeo completo abaixo:

 

Você pode conferir mais vídeos da Maratona Muito Mais Futuro na nossa playlist do Youtube clicando aqui. (link para playlist)

 

E não esqueça! A UNISUAM já está com matrículas abertas para o curso de Licenciatura em Letras, com preço fixo e 50% de desconto durante todo o curso. 

 

Vem ser UNISUAM e esteja pronto para o mercado!

MATRÍCULAS ABERTAS

Conheça o curso de Português e Literatura UNISUAM!

Por Julia Abreu

Estudante de Publicidade e Propaganda, Estagiária em Marketing. Viciada em filmes, séries e conteúdos da área da comunicação social.

comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
English French Portuguese Spanish
X

Nosso site está enfrentando instabilidades.
Algumas informações podem não estar disponíveis no momento.

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!