O que está procurando?

BLOG

Voltar

Graduados de Engenharia Mecânica são aprovados em Programas de Mestrado Federais

Mestrandos que se formaram na UNISUAM contam suas experiências no Curso e como chegaram no IME e no COPPE.

  • Histórias de Sucesso

08/04/2022 por Carolina Grimiao

Tempo de Leitura: 2 minutos

André, Yan e Thadeu: Egressos UNISUAM e Mestrandos em Engenharia

 

 

Uma caminhada de sucesso! Três jovens egressos do Curso de Engenharia Mecânica da UNISUAM tiveram um feito muito comemorado por todos do Ninho: Thadeu Henrique Afonso, de 24 anos; André Gonçalves Xavier, de 34 anos; e Yan Oliveira Vasconcellos, de 27 anos, são os mais novos mestrandos de Engenharia em Instituições Federais. 

 

As motivações foram diferentes. Para Thadeu, que ingressou no IME (Instituto Militar de Engenharia do Exército), cursar o Mestrado era uma vontade antiga: “Surgiu uma oportunidade de um concurso para Engenharia Nuclear no IME. Foi quando me inscrevi e consegui passar”, lembra. 

 

Já André, mestrando do COPPE UFRJ, nunca havia pensado sobre o assunto, mas alguns fatores bem especiais influenciaram nessa decisão: “Mudei muito meu pensamento depois do nascimento da minha filha, queria ser um exemplo para ela poder se espelhar. Com o apoio dos professores e amigos foi surgindo a vontade.” 

 

Yan, que também ingressou no COPPE UFRJ,  viu na prática durante o curso uma futura oportunidade: “O fato de eu ter sido monitor de Cálculo I, durante o ano de 2019 na UNISUAM, acabou despertando a vontade de retornar à Instituição como professor.”

 

As vivências no Curso despertaram talentos 

 

As trajetórias acadêmicas dos atuais mestrandos, quando ainda eram alunos da UNISUAM, foram de muitas experiências positivas. Thadeu lembra que foi um desafio bem grande: “Tinha saído do ensino médio onde todos tinham pavor de matemática para tentar cursar Engenharia, mas quando comecei a ver as matérias específicas, eu tive certeza que estava na área certa”. 

 

André também relembra com carinho das aulas práticas no laboratório e Yan concorda. Para ele, a flexibilidade e o acolhimento fizeram a diferença: 

 

“Consegui trabalhar e acompanhar os conteúdos do curso. A relação custo-benefício era ótima e sem alterações, ainda mais em se tratando de um curso conceito 4 no MEC. Foi bastante gratificante custear todo o meu estudo. Os professores são maravilhosos! Faço um agradecimento especial ao Flávio Maldonado Bentes, Hildson Rodrigues de Queiroz, Jurandyr de Souza Cunha Filho e Elizandra Elias, por toda a ajuda e torcida durante e após a Graduação. São mais que professores, são amigos!”

 

Os planos para o futuro, claro, envolvem crescer cada vez mais na carreira, especializar em temas da área e tornarem-se representações no meio. Para a Coordenadora do Curso de Engenharia Mecânica da UNISUAM, Professora Jussara Oliveira do Nascimento, esse retorno é uma resposta traz muita motivação:

 

“É gratificante demais ver os alunos seguindo em suas carreiras, vê-los crescendo, se desenvolvendo e sentir que todo o corpo de professores fez a diferença na vida deles. Além disso, é muito bom sentir também que cada vez mais a UNISUAM tem ganho mais reconhecimento nos programas de Pós-Graduação das Universidades mais renomadas em Engenharia do Brasil.”  

 

Saiba mais sobre a Graduação em Engenharia Mecânica da UNISUAM e esteja preparado para o mercado! 

Por Carolina Grimiao

Analista de Comunicação do Blog UNISUAM. Jornalista, Historiadora e Psicopedagoga. Mestranda em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano da UFF. Apaixonada por Educação e Cultura Popular.

comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
English French Portuguese Spanish
X

Nosso site está enfrentando instabilidades.
Algumas informações podem não estar disponíveis no momento.

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!