fbpx

O que está procurando?

BLOG

BLOG

Voltar

Atuação do profissional de Farmácia no combate ao câncer de mama

O farmacêutico atua em diversas frentes no combate e prevenção ao câncer de mama. Entenda tudo agora.

  • Graduação

11/10/2023 por Fernando Moura

Tempo de Leitura: 4 minutos

O câncer de mama é uma das doenças mais comuns e letais entre as mulheres em todo o mundo. Segundo o INCA, o câncer de mama é a primeira causa de morte por câncer entre as mulheres em quase todas as regiões do Brasil. Dessa forma, os profissionais de Farmácia desempenham um papel fundamental tanto na prevenção, no diagnóstico e no tratamento dessa doença. Vamos conhecer mais!

Conscientização e Educação sobre o câncer de mama

Antes de tudo, um dos primeiros passos na luta contra o câncer de mama é a conscientização pública e a educação sobre a importância da detecção precoce e da prevenção. Profissionais de Farmácia atuam na promoção de campanhas de conscientização, fornecendo informações precisas sobre autoexames, mamografias e outros métodos de detecção precoce. Eles podem distribuir panfletos, realizar palestras e fornecer informações relevantes aos pacientes.

Acesso a Medicamentos para o câncer de mama

A Farmácia é o local onde os pacientes têm acesso a medicamentos e terapias para o câncer de mama. Os farmacêuticos garantem que os medicamentos prescritos sejam disponibilizados de forma precisa e segura. Além disso, eles também fornecem informações sobre dosagem, efeitos colaterais e interações medicamentosas, garantindo que as pacientes compreendam completamente seus tratamentos.

Suporte Psicológico

Receber um diagnóstico de câncer de mama pode ser emocionalmente avassalador. Assim, os profissionais de Farmácia podem fornecer apoio psicológico, ou encaminhar pacientes a profissionais de saúde mental quando necessário. Eles podem ajudar os pacientes a lidar com os efeitos colaterais emocionais do tratamento, como ansiedade e depressão, tornando a jornada de tratamento mais suportável.

Gerenciamento de Efeitos Colaterais

Os tratamentos contra o câncer, como quimioterapia e radioterapia, frequentemente resultam em efeitos colaterais significativos. Então, os profissionais de Farmácia possuem uma responsabilidade vital no gerenciamento desses efeitos colaterais. Eles fornecem orientações sobre como lidar com náuseas, fadiga, perda de apetite e outros sintomas comuns, além de oferecer medicamentos para aliviar esses desconfortos.

Aconselhamento sobre Medicamentos Complementares

Muitas pacientes buscam tratamentos complementares, como terapias alternativas e suplementos, para ajudar no combate ao câncer de mama. Portanto, os farmacêuticos podem aconselhar sobre a segurança e eficácia dessas abordagens, ajudando as pacientes a tomar decisões informadas em relação ao seu tratamento.

Promoção da Adesão ao Tratamento

A adesão ao tratamento é essencial para o sucesso no combate ao câncer de mama. Dessa forma, os profissionais desempenham um papel importante na promoção da adesão, lembrando os pacientes de tomar seus medicamentos conforme prescrito, esclarecendo dúvidas e resolvendo preocupações relacionadas ao tratamento.

Gestão de Resíduos Perigosos

Os tratamentos de câncer de mama podem gerar resíduos perigosos, como seringas usadas e medicamentos não utilizados. Assim, o profissional é muito importante na gestão adequada desses resíduos, garantindo que sejam descartados de maneira segura e em conformidade com regulamentos ambientais.




Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos para câncer de mama

A pesquisa de medicamentos para câncer de mama é altamente complexa e requer a contribuição de equipes multidisciplinares. Dessa forma, o profissional de Farmácia atua em diversas etapas, como:

  • Identificação de compostos promissores: consiste em encontrar substâncias potencialmente eficazes por meio de revisões da literatura científica, participação em ensaios clínicos e colaboração com outras equipes de pesquisas;
  • Desenvolvimento de formulações farmacêuticas: nessa etapa, o farmacêutico cria diferentes formas de dosagem, como comprimidos, cápsulas, injeções ou formulações intravenosas;
  • Ensaios clínicos e avaliação de segurança: os profissionais são responsáveis por coletar e realizar análise de dados relacionados à eficácia e segurança do medicamento em estudo;
  • Análise de dados e relatórios: os farmacêuticos também a responsabilidade de interpretar resultados e preparar relatórios enviados para agências reguladoras;
  • Garantia de qualidade e regulamentação: nessa etapa, o profissional garante que todos os procedimentos e padrões de qualidade sejam seguidos de acordo com as normas regulatórias, bem como a distribuição e armazenamento.

É importante destacar que as pesquisas oncológicas estão em constante evolução. Portanto, é fundamental que o farmacêutico mantenha-se atualizado, acompanhando as descobertas mais recentes e tendências na pesquisa de câncer.

Papel na Prevenção

Além do tratamento, a prevenção é fundamental no combate ao câncer de mama. Os profissionais podem promover a prevenção, fornecendo informações sobre fatores de risco, estilo de vida saudável e estratégias de prevenção. Além disso, eles também podem ajudar a identificar pacientes com histórico familiar de câncer de mama, encaminhando-os para exames de rastreamento mais cedo.

Colaboração Multidisciplinar

Os profissionais de farmácia cumprem um papel essencial na equipe de saúde multidisciplinar envolvida no tratamento do câncer de mama. Eles colaboram com oncologistas, radiologistas, enfermeiros e outros profissionais de saúde para garantir um tratamento integrado e abrangente para as pacientes.

Em resumo, os profissionais de farmácia atuam de maneira multifacetada e vital no combate ao câncer de mama. Eles não apenas fornecem medicamentos, mas também têm responsabilidade na educação, apoio psicológico, gerenciamento de efeitos colaterais e muito mais. Sua contribuição é inestimável na jornada das pacientes com câncer de mama em direção à cura e ao bem-estar.

Farmácia UNISUAM

O curso de Farmácia tem o objetivo de preparar o estudante para atuar no cuidado com a saúde, promovendo o uso de medicamentos e outras tecnologias relacionadas à área. Com o ensino baseado por competências, a UNISUAM leva a prática para a sala de aula. Dessa forma, o profissional termina a Graduação pronto para atuar em análises clínicas e toxicológicas, diferentes tipos de farmácias, indústria de alimentos, cosmética, farmacêutica e muito mais!



#BoraFazerUNISUAM

Por Fernando Moura

Assistente de Comunicação das redes e Blog UNISUAM. Jornalista e Pós-Graduado em Comunicação e Marketing em Mídia Digitais.

comentários

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!

X
Entrada Formas de Ingresso
X
Home, Graduação, Formas de Ingresso, Vest Solidário
X
Entrada Graduação
X
X
X
X
Entrada Formas de Ingresso
X