fbpx

O que está procurando?

Pós-Doutorado Profissional em
Desenvolvimento Local

O QUE É O PÓS-DOUTORADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO LOCAL?

O pós-doutorado em Desenvolvimento Local da UNISUAM está direcionado a doutores formados em qualquer área de conhecimento que desejam desenvolver projetos de pesquisa desenvolvidos de forma autônoma e que tenham aderência a uma das linhas de pesquisa do programa e a pelo menos um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

PESQUISA E APLICAÇÃO
EM UM SÓ PROGRAMA

VAGAS LIMITADAS
INICIE SUA INSCRIÇÃO

Ao seguir para a próxima etapa você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Acesse a Política de Privacidade da UNISUAM aqui.

1

EDITAL DE CONCESSÃO DE BOLSAS
PARA EMPRESAS


Agora a UNISUAM concederá bolsas de estudo em nível de Mestrado e/ou Doutorado para empresas que tenham interesse e compromisso com soluções tecnológicas sustentáveis. O Processo Seletivo dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu para empresas tem o intuito de fortalecer as atividades inovadoras e estímulo à pesquisa, desenvolvimento e inovação.

As bolsas de estudo destinam-se a integrantes de empresas de pequeno, médio e grande porte e startups de todo território nacional. As empresas interessadas deverão fazer sua inscrição e indicar seus candidatos a realizar o Curso. Os colaboradores indicados deverão ter comprovadamente vínculo com a empresa.

EDITAL

LABORATÓRIOS DO PÓS-DOUTORADO

Laboratório de informática da Pós-Graduação

Exclusivo para o Mestrado, o laboratório é equipado com 20 computadores com acesso à Internet e Intranet, além de diversos softwares licenciados. Alunos da Pós-Graduação e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) também podem utilizar o espaço, mas têm acesso aos demais laboratórios da instituição.

Este laboratório está diretamente relacionado à linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”. O Lanca possui diversos tipos de modelos matemáticos para:

Pesquisa, aplicação e solução de problemas relacionados à dispersão de poluentes;
Desenvolvimento de aerogeradores eólicos;
Transferência de calor em sistemas de aquecimento e refrigeração;
Transferência de calor em painéis para aproveitamento de energia solar;
Análise de vibrações em construções sustentáveis;
Conforto térmico em ambientes sustentáveis;
Escoamento em dutos para saneamento;
Análise de viabilidade econômica de projetos sustentáveis;
Análise estatística.

Espaço de 25 m2 que funciona como interface com o setor produtivo e para realização de dinâmicas de empreendedorismo e simulação de negócios. Atende aos projetos de criação de estruturas organizacionais de modernização e inovação tecnológica (empresa júnior, incubadoras de cooperativas, de empresas e outras) e a projetos de associativismo, cooperativismo e geração de renda desenvolvidos na linha de pesquisa "Estruturas Organizacionais de Modernização e Inovação Tecnológica".

Para este laboratório convergem os projetos desenvolvidos pelo Mestrado em Desenvolvimento Local. Nele são aplicadas as metodologias estudadas no programa, com direito a muita troca de experiências e debates entre os parceiros, o que permite plena integração dos mestrandos com a sociedade. Essa troca dá origem a ferramentas inovadoras, novos empreendedores e melhores condições de vida para comunidades de baixa renda.

Espaço destinado ao preparo e análise de alimentos funcionais e a reaproveitamento de sobras alimentícias. Financiado pela Faperj, o laboratório está equipado para realizar análises da composição centesimal de alimentos in natura prontos para consumo e também para produção de alimentos desidratados por meio do processo de liofilização.
Diversos projetos estão vinculados ao laboratório, que é destinado ao desenvolvimento de produtos eficientes para prevenção e tratamento de enfermidades nas comunidades do entorno (Complexo do Alemão e Comunidade da Maré). Conheça as nossas atividades:
Desenvolvimento de produtos alimentícios a partir de subprodutos gerados pela indústria da banana;
Desenvolvimento de produtos com cascas da laranja (citrus sinensis);
Geração de renda e educação ambiental no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro;
Desenvolvimento de cookies elaborados com farinha de semente de melão (cucumis melo l.), sem glúten, para pacientes celíacos;
Desenvolvimento da farinha de semente de melão (cucumis melo) a partir de subprodutos gerados pela agroindústria como alternativa sustentável para geração de renda em comunidades carentes;
Desenvolvimento da carne de dorso da rã desidratada para uso em dietas especiais;
Uso integral da banana verde como estratégia de promoção da saúde, prevenção de doenças e desenvolvimento local.

O LAPBA atende ao projeto “Técnicas de Criação e Preparo de Organismos Aquáticos para Fins de Comercialização”, que integra a linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”. Nele estão acondicionados os sistemas de experimentos de nutrição de organismos aquáticos.
O espaço é equipado com sistema de segurança que permite a renovação durante 24 horas, um filtro biológico que evita despejo para o meio ambiente e possibilita o reaproveitamento de 100% da água, além de 12 baias experimentais de engorda e 2 baias de engorda de tamanho comercial. O laboratório conta ainda com equipamentos científicos que são utilizados em todos os seus projetos: balanças digitais, microcomputador, estufas, paquímetros digitais e geladeira

Com foco na qualidade microbiológica de materiais, o Laboratório de Análises Microbiológicas está diretamente ligado à linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”, cujo principal objetivo é realizar diversos tipos de análises voltadas para o controle da qualidade microbiana na água, alimentos e produtos afins. Estudos que podem ser realizados no LAM:
Controle da qualidade microbiológica de matérias-primas vegetais;
Análise da qualidade microbiológica de água;
Detecção e estudo de microrganismos do ambiente;
Análise da susceptibilidade aos antimicrobianos.

Espaço diretamente ligado à linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”. Estudos que podem ser realizados no LEPN:
Produção de extratos vegetais;
Extração de óleos essenciais;
Desenvolvimento de produtos naturais;
Análises químicas para determinação da qualidade de produtos;
Estudos etnofarmacológicos com óleos essenciais aplicados, como larvicidas, inseticidas e repelentes, em vetores transmissores de arboviroses.

O Lamel é resultado do trabalho de pesquisadores da UNISUAM que submeteram o projeto ao Edital de Apoio a Instituições de Ensino e Pesquisa sediados no estado do Rio de Janeiro, lançado em 2008 pela Faperj. O projeto foi aprovado e recebeu recursos financeiros que permitiram a aquisição de mobiliário e equipamentos de informática, garantindo as condições de desenvolvimento e produção necessárias aos alunos do Mestrado em Desenvolvimento Local.

informações

Pós-Doutorado Profissional em Desenvolvimento Local
Quero receber mais informações sobre este curso.
×
English French Portuguese Spanish
X

Nosso site está enfrentando instabilidades.
Algumas informações podem não estar disponíveis no momento.

Oi, está com dúvidas?
Fale conosco!