O que está procurando?

Mestrado Profissional em
Desenvolvimento Local

O QUE É O MESTRADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO LOCAL?

Se você pretende aprimorar seus conhecimentos, realizar pesquisas e pensar soluções práticas para melhorar a vida da sociedade, a escolha certa é o Mestrado Profissional em Desenvolvimento Local da UNISUAM.

Nosso programa encoraja o lado empreendedor dos alunos, além de possibilitar o desenvolvimento de habilidades de gestão para os empreendimentos resultantes.

Nós formamos você. E você forma um mundo melhor.

Nosso programa forma pessoas capazes de identificar condições latentes e estimular, com base na inovação, o empreendedorismo, associativismo e competências para o trabalho, incluindo-se aí habilidades de gestão para os empreendimentos resultantes.

PESQUISA E APLICAÇÃO
EM UM SÓ PROGRAMA

25% DE DESCONTO

para ex-alunos da UNISUAM

48x FINANCIE SEU

Mestrado pelo dobro do tempo

VAGAS LIMITADAS
INICIE SUA INSCRIÇÃO

LABORATÓRIOS DO MESTRADO

Laboratório de informática da Pós-Graduação

Exclusivo para o Mestrado, o laboratório é equipado com 20 computadores com acesso à Internet e Intranet, além de diversos softwares licenciados. Alunos da Pós-Graduação e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) também podem utilizar o espaço, mas têm acesso aos demais laboratórios da instituição.

Este laboratório está diretamente relacionado à linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”. O Lanca possui diversos tipos de modelos matemáticos para:

Pesquisa, aplicação e solução de problemas relacionados à dispersão de poluentes;
Desenvolvimento de aerogeradores eólicos;
Transferência de calor em sistemas de aquecimento e refrigeração;
Transferência de calor em painéis para aproveitamento de energia solar;
Análise de vibrações em construções sustentáveis;
Conforto térmico em ambientes sustentáveis;
Escoamento em dutos para saneamento;
Análise de viabilidade econômica de projetos sustentáveis;
Análise estatística.

Espaço de 25 m2 que funciona como interface com o setor produtivo e para realização de dinâmicas de empreendedorismo e simulação de negócios. Atende aos projetos de criação de estruturas organizacionais de modernização e inovação tecnológica (empresa júnior, incubadoras de cooperativas, de empresas e outras) e a projetos de associativismo, cooperativismo e geração de renda desenvolvidos na linha de pesquisa "Estruturas Organizacionais de Modernização e Inovação Tecnológica".

Para este laboratório convergem os projetos desenvolvidos pelo Mestrado em Desenvolvimento Local. Nele são aplicadas as metodologias estudadas no programa, com direito a muita troca de experiências e debates entre os parceiros, o que permite plena integração dos mestrandos com a sociedade. Essa troca dá origem a ferramentas inovadoras, novos empreendedores e melhores condições de vida para comunidades de baixa renda.

Espaço destinado ao preparo e análise de alimentos funcionais e a reaproveitamento de sobras alimentícias. Financiado pela Faperj, o laboratório está equipado para realizar análises da composição centesimal de alimentos in natura prontos para consumo e também para produção de alimentos desidratados por meio do processo de liofilização.
Diversos projetos estão vinculados ao laboratório, que é destinado ao desenvolvimento de produtos eficientes para prevenção e tratamento de enfermidades nas comunidades do entorno (Complexo do Alemão e Comunidade da Maré). Conheça as nossas atividades:
Desenvolvimento de produtos alimentícios a partir de subprodutos gerados pela indústria da banana;
Desenvolvimento de produtos com cascas da laranja (citrus sinensis);
Geração de renda e educação ambiental no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro;
Desenvolvimento de cookies elaborados com farinha de semente de melão (cucumis melo l.), sem glúten, para pacientes celíacos;
Desenvolvimento da farinha de semente de melão (cucumis melo) a partir de subprodutos gerados pela agroindústria como alternativa sustentável para geração de renda em comunidades carentes;
Desenvolvimento da carne de dorso da rã desidratada para uso em dietas especiais;
Uso integral da banana verde como estratégia de promoção da saúde, prevenção de doenças e desenvolvimento local.

O LAPBA atende ao projeto “Técnicas de Criação e Preparo de Organismos Aquáticos para Fins de Comercialização”, que integra a linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”. Nele estão acondicionados os sistemas de experimentos de nutrição de organismos aquáticos.
O espaço é equipado com sistema de segurança que permite a renovação durante 24 horas, um filtro biológico que evita despejo para o meio ambiente e possibilita o reaproveitamento de 100% da água, além de 12 baias experimentais de engorda e 2 baias de engorda de tamanho comercial. O laboratório conta ainda com equipamentos científicos que são utilizados em todos os seus projetos: balanças digitais, microcomputador, estufas, paquímetros digitais e geladeira

Com foco na qualidade microbiológica de materiais, o Laboratório de Análises Microbiológicas está diretamente ligado à linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”, cujo principal objetivo é realizar diversos tipos de análises voltadas para o controle da qualidade microbiana na água, alimentos e produtos afins. Estudos que podem ser realizados no LAM:
Controle da qualidade microbiológica de matérias-primas vegetais;
Análise da qualidade microbiológica de água;
Detecção e estudo de microrganismos do ambiente;
Análise da susceptibilidade aos antimicrobianos.

Espaço diretamente ligado à linha de pesquisa “Cadeias Produtivas Sustentáveis”. Estudos que podem ser realizados no LEPN:
Produção de extratos vegetais;
Extração de óleos essenciais;
Desenvolvimento de produtos naturais;
Análises químicas para determinação da qualidade de produtos;
Estudos etnofarmacológicos com óleos essenciais aplicados, como larvicidas, inseticidas e repelentes, em vetores transmissores de arboviroses.

O Lamel é resultado do trabalho de pesquisadores da UNISUAM que submeteram o projeto ao Edital de Apoio a Instituições de Ensino e Pesquisa sediados no estado do Rio de Janeiro, lançado em 2008 pela Faperj. O projeto foi aprovado e recebeu recursos financeiros que permitiram a aquisição de mobiliário e equipamentos de informática, garantindo as condições de desenvolvimento e produção necessárias aos alunos do Mestrado em Desenvolvimento Local.

Este laboratório concentra equipamentos básicos relacionados ao desenvolvimento de novas tecnologias de geração de energia, como biocombustíveis e energia solar. Em paralelo, serve como porta de entrada para estudantes de diversos níveis de formação que desejam ingressar no universo da pesquisa científica.

informações

Mestrado Profissional em Desenvolvimento Local
Quero receber mais informações sobre este curso.
×
English French Portuguese Spanish